Permissões WordPress

Segue abaixo o correto permissionamento de arquivos do WordPress

chown www-data:www-data -R *          # Let apache be owner
find . -type d -exec chmod 755 {} \;  # Change directory permissions rwxr-xr-x
find . -type f -exec chmod 644 {} \;  # Change file permissions rw-r--r--

Text to speech para asterisk usando Google Translate

Este script AGI foi desenvolvido para que você possa dar a capacidade do seu Asterisk falar com o seu usuário/cliente.

Este script utiliza a plataforma do Google Translate para reinderizar (converter) um texto para audio, e posteriormente tocar este audio no Asterisk. Como este script utiliza a plataforma do Google Translate, você pode realizar este processo em diversas linguagens, para maiores informações verifique a documentação do Google.

Leia mais

Asterisk – CallerID

Este post tem por objetivo demonstrar como realizar a identificação de chamadas através do Asterisk usando uma placa analógica FXO.

A maioria das operadoras no Brasil utiliza sinalização Padrão do Asterisk, porem a Net, VIVO e a OI utilizam outro tipo de sinalização. A boa notícia é que podemos realizar essa identificação sem a necessidade de conversor DTMF para FXS como muitos fóruns sugerem.

Leia mais

Adicionando HD em um linux sem reboot

Quando é utilizado um ambiente virtual (VMWare) é possível adicionar novos discos sem a necessidade de reiniciar o servidor. Porém o linux não identifica automaticamente este novos disco em /dev/sdX, desta forma este procedimento visa mostrar como realizar a releitura deste disco.

Digite o comando abaixo para listar os discos:

ls -ltr /sys/class/scsi_host

Execute o comando (trocando hostX por um dos hosts listados co comando anterior) abaixo para scanear o disco e mapear as unidades /dev/sdX:

echo "- - -" > /sys/class/scsi_host/hostX/scan

Criando um servidor de DDNS

Neste post veremos como realizar a criação de um servidor de DDNS (Dynamic DNS) para ambientes corporativos, ou seja, utilizando o seu próprio servidor de DNS e servidor Web e tendo como cliente qualquer plataforma (Windows, Linux, Unix, Android, iOS e etc…).

Leia mais

Criando usuário no MySQL

Criando usuário

CREATE USER 'nome_do_usuario'@'localhost' IDENTIFIED BY 'senha_do_usuario';

Este exemplo demostra como criar um usuário que terá permissão de acesso somente da própria maquina (localhost) e definindo sua senha.

Veremos no próximo exemplo como criar um usuário que tenha permissão de acesso (como origem do acesso) vindo de qualquer endereço IP.

CREATE USER 'nome_do_usuario'@'%' IDENTIFIED BY 'senha_do_usuario';

Definindo permissão de acesso a uma base de dados

Neste primeiro exemplo veremos como definir as permissões para que o usuário tenha acesso total porém somente a uma base de dados e o acesso vindo da própria maquina.

GRANT ALL PRIVILEGES ON database_name.* TO 'nome_do_usuario'@'localhost';

Seguindo a mesma lógica, será definido a permissão porém para acesso a partir de qualquer IP.

GRANT ALL PRIVILEGES ON database_name.* TO 'nome_do_usuario'@'%';

Definindo permissão de acesso como root

Por fim veremos como dar permissão como root a este usuário mas com o acesso vindo da própria maquina.

GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO 'nome_do_usuario'@'localhost';

Seguindo a mesma lógica, será definido a permissão porém para acesso a partir de qualquer IP.

GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO 'nome_do_usuario'@'%';

Estabelecendo VPN Site-to-site IPSEC com OpenSwan

Neste post veremos passo a passo como configurar o OpenSwan para estabelecer uma VPN Site-to-site (entre 2 redes)  utilizando segredo compartilhado ou certificado digital. No decorrer do post explicarei as diferenças quando um dos firewall está atrás de um equipamento realizando NAT-T.

A motivação da escrita deste post se deu na necessidade de realizar essa VPN em meu ambiente somado ao fato que não encontrei na internet nenhum tutorial que trouxesse de forma simples, completa e bem comentada cada um dos parâmetros para o correto funcionamento do OpenSwan no ambiente proposto. Achei sim, diversos tutoriais, que me ajudaram muito, mas somente informações fragmentadas e muitas vezes confusas, sendo assim resolvi agregar todas em um único post. Espero que ajude.

Leia mais